Brincadeiras de pular corda e gincana na primeira aula do ano no Remadas Solidárias

Atividades foram realizadas na manhã de quinta-feira

Depois de alguns dias de férias, o Remadas Solidárias retomou as atividades na quinta-feira, 19 de janeiro. A primeira aula do ano, durante a manhã, teve exercício de aquecimento com brincadeiras de pular corda. Os professores Evandro Pomina e Willian Brandão coordenaram um grupo. A outra turma teve atividades desenvolvidas pelos docentes Renata Santini e Edelvan Borelli.

Após, os alunos foram para a água e participaram de uma gincana. Divididos em três equipes, as crianças e adolescentes realizaram tarefas que permitiram relembrar nomes das peças que compõem um caiaque. No trapiche, recebiam um desenho das peças da embarcação e um representante de cada equipe precisava remar até o outro lado da represa São Miguel e trazer de volta um bilhete com o nome das peças, sempre acompanhados e monitorados pelos professores.

Marcio e Alexandre são estudantes da escola Ítalo João Balen
Reencontro
O primeiro dia de aula também foi de reencontros. Guilherme Alexandre Mendes Conceição, 11 anos, e Maurício Laguna dos Santos, 11, são colegas na escola Ítalo João Balen, e se encontraram apenas duas vezes no período de férias escolares. “Foi muito bom reencontrar os colegas aqui”, comentou Maurício, que revelou estar animado e disposto para retornar às atividades. No Remadas, ele também reencontrou mais colegas da escola, como Emanuel Brustolin Radavelli. Os garotos, que moram no bairro Cruzeiro, estão há um ano no projeto.

Daniela acompanhou a filha Julia no primeiro dia de aula
Incentivo dos pais
Daniela Farias Orsi acompanhou a filha Julia Hoffmann, 12 anos, na manhã de quinta-feira. A mãe, que pratica vôlei, já esteve no local anteriormente, apoiando a menina. “Eu incentivei a Julia a vir aqui (no Remadas) e acho importante acompanhá-la. É uma atividade que faz muito bem a ela”, observou. Julia estuda no sexto ano da escola Província de Mendoza e há um ano está no projeto, junto com a amiga e colega de colégio Thais Martins, 10. Na manhã de quinta, as duas se divertiram bastante e revelaram que estavam ansiosas para retomar as aulas.

Durante toda a manhã os alunos souberam aproveitar as brincadeiras e integrar-se ainda mais com colegas e professores. As aulas no Remadas Solidárias são realizadas de segunda a sexta, pela manhã e à tarde, e aos sábados pela manhã.


 Fotos: Rosa Ana Bisinella


24.12.2016 - Jornal Pioneiro

Vivência das crianças do bairro Euzébio Beltrão de Queiroz, orientada pelo Remadas Solidárias foi destaque na Edição de Natal do Jornal Pioneiro. A reportagem teve repercussão tanto na edição digital como na impressa.



 



A notícia também repercutiu na Página do Pioneiro.com no Facebook. Página com 173.222 seguidores. 






Crianças ganham vivência no Remadas, como presente de Natal



O Remadas Solidárias recebeu na sexta-feira 23/12 as crianças do Projeto CAE (Crianças e Adolescentes no Esporte) desenvolvido no Bairro Euzébio Beltrão de Queiroz. A pedido do Jornal Pioneiro, o Coordenador do Remadas Prof. Alvaro Koslowski, juntamente com o supervisor, Jonatan Maia, e todos os professores  organizaram uma vivência super divertida para receber a turma.
Eles puderam andar nos caiaques mais largos (que oferecem menor risco de virar) e depois, divididos em dois grupos, remaram nos botes, fazendo uma competição.



As crianças contaram que essa foi a primeira vez que remaram e estavam muito empolgadas. O Projeto CAE tem vários objetivos parecidos com o Remadas. Ambos reconhecem a importância da educação pelo esporte e proporcionam atividades gratuitas para crianças e jovens.
O professor do CAE Jeferson Borges, que acompanhou a turma, demonstrou muito interesse pela atividade e contou que esse foi um presente de Natal diferente e provavelmente inesquecível.

 
Remadas Solidárias © 2012 | Desenvolvido por Wd Caxias
E-mail